sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

XCO Cup Sram BMC #1 - Gondomar

Arranca este fim de semana a temporada de BTT da Associação de Ciclismo do Porto, com a primeira prova da XCO Cup Sram BMC, em Gondomar.

Será a minha primeira corrida depois da temporada de Ciclocross e uma boa oportunidade para avaliar o estado de forma rumo ao que aí vem.

A organização do evento está a cargo do Centro de Ciclismo de Gondomar, sendo esta a sua quarta edição.

O circuito, localizado nas imediações da sede do clube, na Avenida da Conduta, deverá ser idêntico ao de anos anteriores, sendo de registar a boa adesão de atletas e equipas a esta prova, que irá ser toda ela disputada durante a manhã de domingo.


Programa:

1 Março - Domingo 

08h00 Abertura do Secretariado 
09h00 Corrida 1 - Femininas, Paraciclismo, Open e Masters 
09h30 Corrida 2 - Todas as categorias de Escolas 
11h00 Corrida 3 - Cadetes, Juniores, Sub 23 e Elites

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Terminada a temporada de Ciclocross, segue-se o XCO e a Estrada

Com a disputa da ultima prova da Taça de Portugal de Ciclocross em meados de Janeiro, terminou a minha temporada de Ciclocross 2014/2015, uma época da qual faço um balanço extremamente positivo, que me proporcionou novas experiências e a conquista do segundo Campeonato Nacional.

Foram doze corridas, entre Portugal e Espanha e ainda com a estreia em Campeonatos Continentais, com o Europeu na Alemanha, sem duvida um dos pontos altos da época.

Foto: António Alves
A nível interno, este ano apenas tivemos quatro provas pontuáveis para a Taça de Portugal de Ciclocross, menos uma que na época anterior.
Com a coincidência de datas logo da primeira prova, em Paredes, com o Europeu em Lorsch, sabia de antemão que muito dificilmente conseguiria alcançar a terceira Taça de Portugal consecutiva, pois para isso teria de vencer as restantes...
Dei o meu melhor em Gondomar, Torre Dona Chama  e Valongo. No final consegui o terceiro lugar nesta competição, vencida com todo o mérito pelo espanhol Narciso Piñeiro da equipa SPOL.

Foto: Luz Iglesias
Em Espanha, este ano disputei pela primeira vez a totalidade das provas do calendário Galego. Mesmo com alguns azares pelo meio, o balanço que faço é positivo, pois quando não tive problemas consegui andar perto dos melhores, numa competição que na minha opinião deu um grande salto qualitativo face a anos anteriores, com cinco a seis atletas sempre com reais hipóteses de vencer cada uma das corridas.
A abrir a temporada de CX, viajei em Outubro até às Astúrias, onde corri uma das provas da super competitiva Copa de Espanha, tendo realizado talvez a maior recuperação da temporada ao terminar em 23º depois de arrancar nas ultimas linhas entre os oitenta participantes.

Foto: GGEW City Cross Cup
Esta época consegui também concretizar um desejo já de há algum tempo, o de disputar um Campeonato Internacional,
Foi sem duvida uma grande experiência a que vivi com o amigo Custoias (António Moreira) no Europeu de Ciclocross em Lorsch.
De lá trouxe uma grande aprendizagem, não só da minha prova, de onde alcancei um extremamente positivo oitavo lugar, não muito longe em termos de tempo dos lugares do pódio, mas por poder ver ao vivo e como correm grande nomes internacionais da modalidade.
Espero poder no futuro repetir esta experiência! 

Mas "a cereja no topo do bolo" deu-se em Barcelos, com a conquista do meu segundo Campeonato Nacional de Ciclocross Master 30, numa corrida disputada a grande velocidade, onde tudo correu bem e sem azares, num circuito mais parecido em termos de fluidez com o que se encontra lá por fora na Europa.

Foto: Eduardo Campos
Apesar de todas as dificuldades, pois infelizmente a vida não são só bicicletas e há que trabalhar todos os dias, por vezes mesmo nos dias de corridas também, só posso estar contente com o que fiz nesta época e claro agradecer a todos aqueles que à sua maneira contribuíram para que ela corresse da forma que correu.

Foto: Cecília Araújo
Agora segue-se a temporada de XCO, onde tenho por objectivo a participação na Taça de Portugal e Regional do Porto, sendo que este ano estarei também presente em algumas provas de Estrada, sendo essa a grande novidade face a anos anteriores no meu calendário desportivo.

Prevista está a participação ma Vuelta a Galiza e Campeonato Ibérico entre outras.

Para desfrutar um pouco da bicicleta, na procura de momentos épicos, irei alinhar ainda no Vila do Conde - Gerês Extreme em BTT e no DouroGranfondo e GerêsGranfondo na Estrada.

Obrigado a tod@s pelo apoio!

domingo, 18 de janeiro de 2015

Taça de Portugal Ciclocross #4 - Ciclocross Internacional de Valongo

Terminei a minha temporada de Ciclocross com a participação na ultima prova da Taça de Portugal 2014/2015, que se realizou no interior da Quinta das Arcas, em Sobrado, Valongo.

Foto: Quinta das Arcas
O circuito, desenhado por entre os vinhedos, apresentou-se bastante exigente a nível físico, com longas rectas e um terreno a ficar cada vez mais difícil de volta para volta devido às chuvas que foram caindo ao longo do fim de semana.

A decisão sobre o vencedor da Taça de Portugal entre os Master 30 já era conhecida desde Torre de Dona Chama. Narciso Piñeiro da Spol, vencedor das três primeiras corridas, surgindo naturalmente como favorito para esta derradeira.

Procurei realizar uma boa partida, objectivo que consegui, tendo liderado durante parte da primeira das quatro voltas. Gerou-se uma pequena distância para os perseguidores, de onde chegou até mim o Narciso, que entretanto assumiu a liderança e colocou um ritmo forte.

Foto: Quinta das Arcas
Ainda segui na roda ele até meio da segunda volta, mas aos poucos começou a ganhar segundo após segundo, até terminarmos a corrida com a quarta vitória dele e eu em segundo a 49 segundos. O pódio ficou completo com outro galego, o Guillermo Alvarez, que já na ultima volta passou o Pedro Marques (BTT Seia).

Com este resultado, terminei a Taça de Portugal na terceira posição. Resultado que acaba por ser positivo se tivermos em conta que faltei logo à primeira prova que coincidiu com o Campeonato da Europa.
Em disputa em Sobrado estava também o título regional da Associação de Ciclismo do Porto, o qual alcancei pela terceira vez consecutiva.

Finalizada que está esta temporada de Ciclocross, o balanço é bastante positivo. Foram doze corridas, com a re-conquista do Campeonato Nacional, participação no Europeu na Alemanha e na Copa de Espanha em Oviedo e as provas da Taça de Portugal e da Galiza.

Assim que surja um tempinho, espero fazer um balanço mais detalhado sobre a época de CX. 
Agora há que dar seguimento à preparação para o que resta da temporada, que promete ser entusiasmante com algumas novidades face a anos anteriores.

Obrigado a tod@s pelo apoio!

Video com resumo de todas as categorias



Galeria de Fotos

Classificação Master 30




Ranking Final Taça Portugal Ciclocross - Master 30








sábado, 17 de janeiro de 2015

Taça de Portugal Ciclocross #4 - Valongo

A temporada de Ciclocross aproxima-se rapidamente do seu final. Este domingo, a Quinta das Arcas, em Sobrado, recebe a quarta e ultima etapa da Taça de Portugal, com a realização do Ciclocross Internacional de Valongo, prova que irá também atribuir os títulos aos campeões regionais da Associação de Ciclismo do Porto.

Como habitualmente, a prova desenrola-se na sua totalidade na manhã de domingo, com as corridas a terem inicio ás 10 horas.

Programa:

18 Janeiro - Domingo 

10h00 Corrida 1 - Master 30, 40 e 50 e Open
11h00 Corrida 2 - Cadetes Masculinos e todas a categorias Femininas 
12h00 Corrida 3 - Elites, Sub-23 e Juniores


Circuito

domingo, 11 de janeiro de 2015

Campeonato Nacional Ciclocross 2014/2015 - Barcelos: A segunda medalha de ouro

Foto: Eduardo Campos
Escrever sobre o resumo destes Campeonatos Nacionais de Ciclocross 2014/2015 é para mim um exercício emotivo. Depois da vitória em 2011/2012 seguiram-se duas temporadas em que as coisas correram bem nas Taças de Portugal e Campeonatos e Taças Regionais, com diversas vitórias, mas depois nos Campeonatos Nacionais, apesar das duas medalhas de prata em 2012/2013 e 2013/2014, ficou a faltar "aquele bocadinho" para chegar ao ouro.

Foto: FLAXIAC
Desta vez em Fervença - Barcelos, apesar de alguns altos e baixos em provas anteriores, na sua maioria devido a alguns azares, consegui apresentar-me uma vez mais em condições de disputar o Campeonato Nacional.

A concorrência ás medalhas era forte, mas acabei por conseguir realizar uma boa corrida e vencer e isso deixa-me muito feliz.

É um orgulho para mim poder voltar a competir com a bandeira de Portugal ao peito, e só tenho que agradecer a todos aqueles que contribuíram para que isto fosse possível.

Foto: Cecília Araújo
Em primeiro lugar a minha família. A minha esposa Leonor e a minha filha Marisa, por todo o apoio e tolerância para com este meu hobbie.
Um abraço de agradecimento também ao meu treinador, Urbino Santos, por todo o trabalho do dia-a-dia, onde nem sempre as coisas correm como gostamos ou queremos, mas ele tem estado "sempre lá" para ajudar a ultrapassar os obstáculos. 
Obrigado também ao "CX Dream Team" onde incluo os amigos Isabel Caetano, José Dias (aka 4D) António Moreira e Paula e a Ângela que ainda se juntou nalgumas provas. Foram muitos quilómetros de estrada nos últimos meses, em que estivemos juntos e nos fomos apoiando uns aos outros. Esta vitória também é vossa amigos.
Foto: Cecília Araújo
Um agradecimento também aos amigos, colegas de treino e patrocinadores, que me vão apoiando nesta caminhada e à minha equipa Rompe Trilhos.

Por fim, dar os meus parabéns à organização da ACRRoriz pelo bonito evento que montaram, com um circuito algo diferente do que habitualmente encontramos cá em Portugal, com um ou outro ponto que assinalei "a quem de direito", mas sem duvida mais condizente, em termos de largura e fluidez com o que encontramos lá por fora e acho que será esse o caminho a seguir para a evolução da modalidade. Continuem.

A temporada de Ciclocross caminha agora rapidamente para o seu final, estando agendado para o próximo domingo, em Sobrado, Valongo, a ultima prova da Taça de Portugal.

Galeria de Fotos

Resumo da prova pelo site Roda na Frente



Resumo ACM TV


Classificação Final Master 30



sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Campeonato Nacional Ciclocross 2014/2015 - Fervença

Disputa-se este fim de semana em Fervença, Barcelos, o Campeonato Nacional de Ciclocross 2014/2015.

A prova irá decorrer num circuito desenhado no complexo do Campo de Tiro de Fervença e terá o seguinte programa:


Dia 11 de Janeiro de 2015

09
:00- abertura do secretariado (padock)

10:00– encerramento da confirmação das inscrições
10:15- reunião com os diretores desportivos
10:45– chamada para a corrida C1
11:00– Corrida C1 - Master 30, 40, 50
13:50– chamada para a corrida C2
14:00– Corrida C2 - Femininas e Cadetes Masculinos
14:50- chamada para a corrida C3
15:00- Corrida C3 - Elite, Sub-23, Juniores
16:30- cerimónia de entrega de prémios

Circuito

Altimetria
Mais informações aqui

domingo, 21 de dezembro de 2014

XXXVIII Trofeo Ciclocross Vila do Louro

Para fechar a temporada da temporada galega de Ciclocross, o Velódromo de O Porriño recebeu a 38ª edição do Trofeo Ciclocross Vila do Louro, uma clássica da modalidade, organizada pelo CC Spol de Horácio Barros.

Foto: Eduardo Campos
Disputada numa manhã de sol mas com muito frio, esta corrida não me deixa grandes recordações, depois de um inicio algo atribulado no meio do pelotão, uma ligeira queda ainda durante a primeira volta, seguida de várias avarias com as velocidades das bicicletas tornaram a tarefa de recuperação bastante complicada, num circuito onde qualquer pequeno erro representa tempo difícil de recuperar, para mais entre um pelotão Master 30 muito competitivo como este que esta temporada disputou o Ciclocross galego.

Foto: Eduardo Campos
Assim conclui esta ultima saída à Galiza da temporada na décima terceira posição. No ranking final da Federação Galega, fechei a temporada no sétimo posto..

Foi a primeira vez que corri o calendário galego na totalidade e espero poder voltar a fazê-lo no futuro, para tentar melhorar os resultados.

Obrigado a todos pelo apoio. Foi bom ver a boa adesão de atletas e equipas portuguesas nesta prova e sentir o apoio durante a corrida.

A próxima corrida é o Campeonato Nacional, a disputar em Fervença, Barcelos, no dia 11 de Janeiro.

Galeria de Fotos

Classificação Master 30




domingo, 14 de dezembro de 2014

Marín e Torre de Dona Chama foram as penúltimas provas das Taças da Galiza e Portugal

O terceiro fim de semana de "dose dupla" da temporada de Ciclocross teve passagem por Marín e Torre de Dona Chama. Duas corridas marcadas pela chegada do frio mais agreste até ao momento.

Foto: Luz Iglesias
Disputada na tarde de sábado, a XIII edição do Ciclocross Ria de Marín realizou-se tal como no ano, no circuito desenhado nas imediações da Barriada Virxe do Carme. Um circuito quase no centro da cidade, praticamente plano e marcado por um "miolo" muito encadeado.

O andamento na frente da corrida esteve sempre bem equilibrado, com vários atletas a rodarem sempre muito próximos, de onde se destacou na ultima volta o Alejandro Magallanes, ganhando alguns segundos a caminho da vitória, mas um furo já nos últimos metros entregou o triunfo por escassos segundos a Narciso Piñeiro.

Eu andei durante quase toda a corrida entre a sexta e sétima posições, acabando no entanto por ser passado na penúltima volta por dois atletas que vinham mais fortes de trás e fechei a prova em nono, a 1m40s do vencedor.

Foto: Eduardo Campos
De regresso a casa e nova viagem longa na madrugada de domingo até Torre de Dona Chama para a terceira prova da Taça de Portugal, desta vez num circuito com algumas zonas carregadas de água e lama.
Esta corrida acabou por não ter muita história em relação á luta pela vitória, depois do Narciso Piñeiro ter atacado a meio da primeira volta, isolando-se aí e caminhando até ao triunfo, sendo seguido por dois compatriotas galegos.
Eu ainda andei bastante tempo em segundo, mas com os galegos em luta entre si, acabei por terminar em quarto a 1m14s do vencedor.

Foi mais um bom fim de semana de Ciclocross, onde julgo ter andado bem. Segue-se agora a ultima prova da Galiza já no próximo domingo na tradicional visita ao Velódromo de O Porriño.

Obrigado ao "4D" José Dias por todo o apoio, antes, durante e após as corridas e a tod@s pelos incentivos que senti ao longo das provas do fim de semana. É sempre bom ouvir que está a assistir à corrida puxar por nós.


Classificação XIII Ciclocross Ria de Marín




Classificação Taça de Portugal Ciclocross #3 - Torre de Dona Chama