domingo, 19 de maio de 2019

Taça de Portugal XCM #3 - Estremoz

A terceira etapa da Taça de Portugal de Maratonas BTT (XCM) disputou-se em Estremoz, regressando assim a prova alentejana ao calendário nacional da modalidade.
Para mim, foi a estreia no evento. Uma estreia que seguramente ficará na minha memória, pois foi ali que alcancei o meu primeiro pódio numa Taça de Portugal de XCM, ao terminar no terceiro posto!

Foto: UVP-FPC
Já há muitos anos que não ia a Estremoz. Só lá tinha estado uma vez, de passagem, numa visita de escola já lá vão uns vinte anos e foi bom voltar e reparar como mudam as coisas ao longo dos anos.
Estremoz é uma localidade interessante para uma visita com tempo disponível para apreciar todos os recantos e monumentos, coisa que não deu para fazer, pois estávamos ali para a terceira prova da Taça de Portugal de XCM.

Se nas duas primeiras provas, em Melgaço e Mortágua, a chuva fez a sua aparição, desta vez em Estremoz tivemos terreno seco e bastante duro, num percurso com quase 95 quilómetros de extensão e cerca de 2500m de desnível acumulado de subidas.
Confirma-se que a "Serra D'Ossa faz mossa", com o seu sobe e desce constante intercalado com algumas zonas muito rápidas a rolar!

Foto: UVP-FPC
Como sempre, a partida foi frenética, mas aos poucos fui entrando no meu ritmo e a dada altura, cerca do km 15 juntou-se a mim o colega António Passos, com o qual segui durante grande parte da prova, até que na aproximação à subida mais longa do dia, e já com mais de metade do percurso percorrido, recebi a informação de que estava na segunda posição e que um grande resultado seria possível.
Estava a sentir-me bem e nessa subida coloquei um bom ritmo, alcançando o Carlos Rocha (Saertex Portugal - Edeatech) e assumindo assim a liderança nos Master 35. Entretanto na longa descida seguinte o Carlos alcançou-me e pouco depois o pequeno grupo onde seguíamos enganou-se... Perdemos ali alguns minutos até retomar o percurso correcto e com isso entretanto fomos ultrapassados pelo Pedro Correia (BTT Gardunha/Fundão/Create).
Foto: UVP-FPC
Faltavam cerca de 20 quilómetros para o final, com alguns topos curtos mas duros onde acabamos por ficar todos juntos e as decisões finais ficaram mesmo para o ultimo quilómetro, com um ataque do Carlos no topo à entrada das muralhas de Estremoz a abrir alguns metros, primeiro para mim e depois para o Pedro, que depois já não conseguimos fechar até à meta e terminamos assim por essa ordem.

Finalizei assim em terceiro, o meu primeiro pódio numa Taça de Portugal de XCM e por isso regressei a casa bastante satisfeito com a minha prova. Parabéns ao Carlos Rocha e ao Pedro Correia pela vitória e pelo segundo lugar, pois naquele momento decisivo foram os mais fortes.

Obrigado equipa Rompe Trilhos/Ajpcar, staff e patrocinadores por todo o apoio, pois sem isso nada disto seria possível!

A concluir não podia deixar de referir a Top Fuel, sem duvida uma máquina que encaixou na perfeição na prova!

Galeria de Fotos

Classificação



Resumo UVP-FPC

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Próxima corrida: Taça de Portugal XCM #3 - EstremozBike 2019

Local:
Rossio Marquês de Pombal, Estremoz

Percurso:

Programa:


domingo, 12 de maio de 2019

Taça de Portugal XCO #3 - Fundão

Fundão, terra das cerejas e das belas paisagens entre as serras da Gardunha e Estrela, na qual este ano ainda se avistava neve lá bem no topo, recebeu a terceira prova da Taça de Portugal de Cross-Coutry Olímpico.

Foto: UVP-FPC
Com as temperaturas a subirem, tivemos assim a primeira corrida da época com piso seco e calor, tornando o circuito bastante rápido.
Em termos de traçado não houve muitas alterações ao percurso, embora se tenha notado que o que se alterou foi para melhor e por isso uma vez mais dou os meus parabéns à organização do BTT Gardunha.

Regresso ao XCO, depois de uma semana exigente no Portugal MTB e depois de alguma confusão com os horários de chamada e partida, uma vez que pelos vistos existiam duas versões do regulamento, deu-se o inicio da corrida. 
O meu arranque não foi muito bem conseguido, perdendo bastantes posições, recuperando depois nas duas primeiras voltas até chegar à luta pelo quinto lugar, quando estávamos a cerca de metade da prova.
Na luta com o Pedro Marques (BTT Seia), ainda andei algum tempo no quinto posto, mas não deu para segurar a posição e assim terminei em sexto, passando a ocupar a mesma posição no ranking desta Taça de Portugal.

Foi um fim de semana muito positivo para a nossa equipa Rompe Trilhos / Ajpcar, com os pódios relativos os terceiros lugares dos colegas Augusto Midão em Master 30 e Miguel Moura em Master 40.
Obrigado Clara Moura pelos abastecimentos e a tod@s pelo apoio!


Classificação Master 30



Ranking Master 30 após 3 provas


domingo, 5 de maio de 2019

Portugal MTB 2019

Depois de vários anos em que foi de minha parte impossível participar, devido à coincidência de datas da prova com os fins de semana de Páscoa, desta vez pude pela primeira vez participar na Portugal MTB!
Seis dias de BTT com nível internacional e  etapas para todos os gostos e onde os bons momentos de convívio marcaram sem duvida este evento!

Alinhei em dupla com o colega de equipa Augusto Midão na categoria Master 30, e ao longo da semana fomos capazes de andar na luta por pódios de etapa, tendo conseguido dois e finalizado a competição no quarto posto da categoria e em nono na classificação geral absoluta, pese embora duas perdas de tempo com dois furos nas Etapas 1 e 3.
Apesar de algum receio inicial, pela falta de experiência em provas com tantos dias de duração, fisicamente acabei por me superar e aguentar até ao final.

Na memória ficarão as passagens por alguns locais espectaculares, desde a subida por entre as vinhas do Douro logo no prólogo, com o rio ao fundo, até ás passagens por algumas "aldeias especiais" como Drave ou Fujaco, com a sua duríssima subida para o alto da serra. 
Pelo meio também a maravilhosa paisagem de montanhas floridas e a zona do Portal do Inferno na serra de Arada.
Os quilómetros de caminhos medievais da etapa de Vouzela também foram algo que espectacular e ao mesmo tempo duro!

Desde já deixo o meu agradecimento às nossas directoras Cristina Sousa e Clara Moura, por todo o empenho para que nada nos faltasse, e à Leonor e à Marisa por toda a compreensão para que isto seja possível e por se terem-se juntado a nós no fim de semana.

Espero para o ano poder voltar a participar!

Galeria de Fotos


domingo, 14 de abril de 2019

Taça de Portugal XCM #2 - Mortágua

Depois do arranque da temporada das Maratonas da Taça de Portugal no passado mês de Março em Melgaço, esta competição cumpriu neste fim de semana a segunda jornada do calendário, com a disputa da Maratona BTT Mortágua.

Foto: UVP-FPC
Contando com um percurso com cerca de 93 km de extensão, com passagem pela lindíssima zona da Mata Nacional do Buçaco, foi a minha estreia em provas de BTT naquela região e desde já endereço os meus parabéns à organização pela escolha e espectacular preparação dos trilhos! 
De facto adorei o percurso, apesar de uma ou outra zonas mais complicadas devido ás chuvas, mas aí nada havia a fazer, mas o que de facto me impressionou foi mesmo a qualidade dos trilhos e caminhos florestais por onde andamos.

Quanto à minha prova, correu bastante bem. O corpo reagiu bem ao esforço durante as cerca de 4h30 de corrida, onde acabei por ir recuperando posições com o passar dos quilómetros, depois de uma fase inicial onde me atrasei um pouco devido ao "trânsito" nalguns single-tracks. Terminei na oitava posição e melhorei um pouco o resultado face a Melgaço.
No global regressei de Mortágua contente com o meu desempenho pessoal e feliz também pelas corridas efectuadas pelos colegas de equipa, que estiveram todos muito bem, ficando desde já um abraço de conforto para o Hugo, o único azarado, que infelizmente teve de abandonar devido a uma corrente partida.

Quantos mais quilómetros faço com a Top Fuel 9.8SL mais gosto desta bike e mais uma vez esta esteve espectacular e sem falhas!

Foi um fim de semana muito bem passado, uma vez mais com a companhia da Leonor e da Marisa, o que é sempre especial!

Obrigado equipa e a tod@s pelo apoio!

O regresso á competição pela minha parte, faz-se agora no Portugal MTB, a minha primeira prova de etapas da temporada, onde farei dupla com o Augusto Midão!

Galeria de Fotos

Classificação Master 35


Resumo UVP-FPC