domingo, 31 de março de 2019

Taça Regional AC Porto XCM #2 - Sanguedo

Foto: André Bastos
Depois de Avintes, que inaugurou o calendário de Maratonas da Associação de Ciclismo do Porto,  voltamos a passar a margem para sul do rio Douro para disputar a segunda prova da Taça Regional de XCM,  na IX Maratona BTT Rosa do Adro, em Sanguedo.

Este ano a organização revolucionou o percurso da prova,  levando-o mais para Este e tornando-o, na minha opinião bastante mais interessante e sobretudo menos problemático ao nível das marcações, que desta vez estiveram em nível muito bom.

Foto: Clara Moura
Consegui fazer uma corrida bastante regular,  que me levou até ao sexto lugar final.
Parabéns à malta lá da frente,  que esteve muito forte!

Sigo agora na quinta posição do ranking Master 35.

Colectivamente a nossa equipa Rompe Trilhos / AJPCar esteve excelente,  arrecadando o lugar mais alto do pódio! Parabéns malta!

Obrigado ao nosso staff por todo o apoio!

No próximo fim de semana, regressamos ao XCO. em Marrazes, para a segunda prova da Taça de Portugal.


Classificação Master 35


quinta-feira, 28 de março de 2019

Próxima corrida: Taça Regional AC Porto XCM #2 - 9ª Rota Rosa do Adro


Partida/Chegada:
Largo de S. Bartolomeu, Sanguedo

Percurso:
65 km
2157m D+


Horário:



domingo, 17 de março de 2019

Taça de Portugal XCM #1 - Melgaço

Uma semana após o inicio da temporada de Cross-Country Olímpico, Melgaço recebeu a primeira prova de época 2019 da Taça de Portugal de Maratonas.

Depois de uma semana de clima e temperaturas relativamente agradáveis, as previsões meteorológicas apontavam para alguma chuva fraca durante as primeiras horas da manhã de domingo, dia de prova, situação que se confirmou e acabou por ser um dos factores que marcaram bastante a corrida, pois apesar da chuva, não contávamos encontrar temperaturas tão baixas nas zonas mais altas do percurso, o que a certa altura me levou a questionar se conseguiria seguir em prova...
Felizmente entretanto o sol começou a aparecer entre as nuvens e a temperatura subiu, melhorando a situação.

Foram quase 80 km de prova, com mais de 2500 metros de desnível positivo de acumulado de subidas, sendo uma boa parte desse acumulado feita logo nos primeiros trinta quilómetros da corrida, todos eles quase sempre a subir.

Sem grande experiência e conhecimento dos meus limites em provas longas, acho que acabei por fazer uma corrida relativamente sólida, apenas com uma pequena quebra na fase após a primeira grande descida, devido ao frio, mas depois voltei a encontrar um bom ritmo até ao final, recuperando algumas posições para terminar em décimo Master 35.

Foto: Leonor Marques
Os meus parabéns à organização pelo evento, praticamente irrepreensível ao nível das marcações, sendo apenas de apontar o grande congestionamento no pelotão quando nos primeiros quilómetros saímos da estrada para entrar nos primeiros trilhos...

Foi um bom fim de semana. Obrigado equipa pelos excelentes momentos de convívio e por todo o apoio para que nas nos faltasse em prova e obrigado Leonor e Marisa pela companhia. Convosco por perto, sem dúvida que tudo é melhor.


Classificação Master 35


domingo, 10 de março de 2019

Taça de Portugal XCO #1 - Vila Franca

Mais uma vez a localidade minhota de Vila Franca,  Viana do Castelo,  acolheu a primeira prova da Taça de Portugal de XCO,  este ano com uma corrida de Categoria 1 do calendário da União Ciclista Internacional.
Dessa forma,  e já de olhos postos no apuramento para os próximos jogos Olímpicos,  foram muitos os atletas e equipas estrangeiras das categorias de Elite a viajar até Portugal à procura de somar pontos  que mais tarde lhes "carimbem o passaporte" para Tóquio em 2020.

Assim, fomos brindados com um evento de nível superior,  com a organização dos Amigos do Desporto a esmerar-se em alguns pormenores que fazem sempre a diferença, e por isso deixo aqui os meus parabéns pelo trabalho desenvolvido.

Em termos de Masters, este ano a Taça de Portugal apresentou algumas novidades face a 2018, desde logo com um novo horário para as corridas e também novos tempos de prova.
Na categoria Master 30 alinhamos 33 atletas para percorrer quatro voltas ao circuito.
Parti da segunda linha, mas perdi bastantes posições nos primeiros minutos de corrida,  mas aos poucos consegui começar a recuperar alguns lugares, andando depois numa luta pela entrada nos lugares do Top 10,  com algumas lutas renhidas pelo meio.
Julgo que este terá sido o primeiro ano em que consegui fazer uma corrida isenta de problemas em Vila Franca, conseguindo no final terminar na décima posição.

Gostei das novidades que tivemos no circuito e adorei as diferenças em termos de bicicleta do ano passado para este. Sem duvida que a Top Fuel é uma máquina superior neste tipo de corrida.

Obrigado a tod@s pelo apoio!

Agora as atenções voltam-se para o XCM que tem no próximo fim de semana o arranque da Taça de Portugal em Melgaço.


Classificação Master 30

sábado, 2 de março de 2019

2º Resistência Figueiras BTT


Depois da estreia no ano passado, este ano voltamos a rumar até Figueiras, Lousada, para a segunda edição da Resistência Figueiras BTT, uma prova com duração de 3 Horas disputada num circuito com cerca de 3,6km de extensão, que percorre alguns trilhos na zona mais alta daquela freguesia Lousadense.

Apesar de apenas estar na sua segunda edição, esta resistência julgo que já vai ganhando o seu espaço no calendário anual de atletas e equipas e por mim tem sido um prazer correr ali.

O percurso é engraçado, ao estilo Cross.Contry e a organização e o ambiente criado em torno do evento são muito bons. Como apontamento a ter em conta, apenas a questão da água nos banhos, mas também compreendo que com tanta gente em prova, não é fácil todos termos água quente...

Praticamente hipotequei um bom resultado logo nos primeiros metros após a partida,  ao ficar envolvido numa queda,  que me deixou praticamente na cauda do pelotão...

Com um percurso com várias zonas longas em single-track e com tanta gente para ultrapassar pela frente, foi uma corrida de paciência e aos poucos  ir tentando recuperar posições.
Consegui chegar até ao nono lugar na classificação geral "solo" e sexto na categoria Master 30.

Obrigado equipa e todos aqueles que iam puxando por mim ao longo das 16 voltas que completei ao circuito.

No próximo fim de semana arranca a Taça de Portugal de XCO em Vila Franca,  Viana do Castelo.


Classificação